Sunday

June 23, 2024


Section 1 of 4

Deuteronomy 29

About 3.7 Minutes

São estes os termos da aliança que o Senhor ordenou que Moisés fizesse com os israelitas em Moabe, além da aliança que tinha feito com eles em Horebe.

Moisés convocou todos os israelitas e lhes disse:

“Os seus olhos viram tudo o que o Senhor fez no Egito ao faraó, a todos os seus oficiais e a toda a sua terra. Com os seus próprios olhos vocês viram aquelas grandes provas, aqueles sinais e grandes maravilhas. Mas até hoje o Senhor não lhes deu mente que entenda, olhos que vejam, e ouvidos que ouçam. ‘Durante os quarenta anos em que os conduzi pelo deserto’, disse ele, ‘nem as suas roupas, nem as sandálias dos seus pés se gastaram. Vocês não comeram pão, nem beberam vinho, nem qualquer outra bebida fermentada. Fiz isso para que vocês soubessem que eu sou o Senhor, o seu Deus.’

“Quando vocês chegaram a este lugar, Seom, rei de Hesbom, e Ogue, rei de Basã, atacaram-nos, mas nós os derrotamos. Conquistamos a terra deles e a demos por herança às tribos de Rúben e de Gade e à metade da tribo de Manassés.

“Sigam fielmente os termos desta aliança, para que vocês prosperem em tudo o que fizerem. 10 Hoje todos vocês estão na presença do Senhor, o seu Deus: os seus chefes e homens destacados, os seus líderes e oficiais, e todos os demais homens de Israel, 11 juntamente com os seus filhos e as suas mulheres e os estrangeiros que vivem nos seus acampamentos cortando lenha e carregando água para vocês. 12 Vocês estão aqui presentes para entrar em aliança com o Senhor, o seu Deus, aliança que ele está fazendo com vocês hoje, selando-a sob juramento, 13 para hoje confirmá-los como seu povo, para que ele seja o seu Deus, conforme lhes prometeu e jurou aos seus antepassados, Abraão, Isaque e Jacó. 14 Não faço esta aliança, sob juramento, somente com vocês 15 que estão aqui conosco na presença do Senhor, o nosso Deus, mas também com aqueles que não estão aqui hoje.

16 “Vocês mesmos sabem como vivemos no Egito e como passamos por várias nações até chegarmos aqui. 17 Vocês viram nelas as suas imagens e os seus ídolos detestáveis, feitos de madeira, de pedra, de prata e de ouro. 18 Cuidem que não haja entre vocês nenhum homem ou mulher, clã ou tribo cujo coração se afaste do Senhor, o nosso Deus, para adorar os deuses daquelas nações, e para que não haja no meio de vocês nenhuma raiz que produza esse veneno amargo.

19 “Se alguém, cujo coração se afastou do Senhor para adorar outros deuses, ouvir as palavras deste juramento, invocar uma bênção sobre si mesmo e pensar: ‘Estarei em segurança, muito embora persista em seguir o meu próprio caminho’, trará desgraça tanto à terra irrigada quanto à terra seca. 20 O Senhor jamais se disporá a perdoá-lo; a sua ira e o seu zelo se acenderão contra tal pessoa. Todas as maldições escritas neste livro cairão sobre ela, e o Senhor apagará o seu nome de debaixo do céu. 21 O Senhor a separará de todas as tribos de Israel para que sofra desgraça, de acordo com todas as maldições da aliança escrita neste Livro da Lei.

22 “Os seus filhos, os seus descendentes e os estrangeiros que vierem de terras distantes verão as desgraças que terão caído sobre a terra e as doenças com que o Senhor a terá afligido. 23 A terra inteira será um deserto abrasador de sal e enxofre, no qual nada que for plantado brotará, onde nenhuma vegetação crescerá. Será como a destruição de Sodoma e Gomorra, de Admá e Zeboim, que o Senhor destruiu com ira e furor. 24 Todas as nações perguntarão: ‘Por que o Senhor fez isto a esta terra? Por que tanta ira e tanto furor?’

25 “E a resposta será: ‘Foi porque este povo abandonou a aliança do Senhor, o Deus dos seus antepassados, aliança feita com eles quando os tirou do Egito. 26 Eles foram adorar outros deuses e se prostraram diante deles, deuses que eles não conheciam antes, deuses que o Senhor não lhes tinha dado. 27 Por isso a ira do Senhor acendeu-se contra esta terra, e ele trouxe sobre ela todas as maldições escritas neste livro. 28 Cheio de ira, indignação e grande furor, o Senhor os desarraigou da sua terra e os lançou numa outra terra, como hoje se vê’.

29 “As coisas encobertas pertencem ao Senhor, o nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei.


Section 2 of 4

Psalms 119:49-72

About 3.1 Minutes

49 Lembra-te da tua palavra ao teu servo,
pela qual me deste esperança.
50 Este é o meu consolo no meu sofrimento:
    A tua promessa dá-me vida.
51 Os arrogantes zombam de mim
    o tempo todo,
mas eu não me desvio da tua lei.
52 Lembro-me, Senhor,
    das tuas ordenanças do passado
e nelas acho consolo.
53 Fui tomado de ira tremenda
    por causa dos ímpios
    que rejeitaram a tua lei.
54 Os teus decretos são o tema
    da minha canção em minha peregrinação.
55 De noite lembro-me do teu nome, Senhor!
Vou obedecer à tua lei.
56 Esta tem sido a minha prática:
    Obedecer aos teus preceitos.

57 Tu és a minha herança, Senhor;
prometi obedecer às tuas palavras.
58 De todo o coração suplico a tua graça;
tem misericórdia de mim,
    conforme a tua promessa.
59 Refleti em meus caminhos
e voltei os meus passos
    para os teus testemunhos.
60 Eu me apressarei e não hesitarei
    em obedecer aos teus mandamentos.
61 Embora as cordas dos ímpios
    queiram prender-me,
eu não me esqueço da tua lei.
62 À meia-noite me levanto para dar-te graças
    pelas tuas justas ordenanças.
63 Sou amigo de todos os que te temem
    e obedecem aos teus preceitos.
64 A terra está cheia do teu amor, Senhor;
    ensina-me os teus decretos.

65 Trata com bondade o teu servo, Senhor,
conforme a tua promessa.
66 Ensina-me o bom senso e o conhecimento,
pois confio em teus mandamentos.
67 Antes de ser castigado, eu andava desviado,
mas agora obedeço à tua palavra.
68 Tu és bom, e o que fazes é bom;
ensina-me os teus decretos.
69 Os arrogantes mancharam o meu nome
    com mentiras,
mas eu obedeço aos teus preceitos
    de todo o coração.
70 O coração deles é insensível,
    eu, porém, tenho prazer na tua lei.
71 Foi bom para mim ter sido castigado,
    para que aprendesse os teus decretos.
72 Para mim vale mais a lei que decretaste
    do que milhares de peças de prata e ouro.


Section 3 of 4

Isaiah 56

About 3.6 Minutes

Assim diz o Senhor:

“Mantenham a justiça
    e pratiquem o que é direito,
pois a minha salvação está perto,
    e logo será revelada a minha retidão.
Feliz aquele que age assim,
    o homem que nisso permanece firme,
observando o sábado
    para não profaná-lo,
e vigiando sua mão
    para não cometer nenhum mal”.

Que nenhum estrangeiro
    que se disponha a unir-se ao Senhor
venha a dizer:
    “É certo que o Senhor
    me excluirá do seu povo”.
E que nenhum eunuco se queixe:
“Não passo de uma árvore seca”.

Pois assim diz o Senhor:

“Aos eunucos que guardarem
    os meus sábados,
que escolherem o que me agrada
    e se apegarem à minha aliança,
a eles darei, dentro de meu templo
    e dos seus muros,
um memorial e um nome melhor
    do que filhos e filhas,
um nome eterno, que não será eliminado.
E os estrangeiros que se unirem
    ao Senhor para servi-lo,
para amarem o nome do Senhor
    e prestar-lhe culto,
todos os que guardarem o sábado
    deixando de profaná-lo,
e que se apegarem à minha aliança,
esses eu trarei ao meu santo monte
e lhes darei alegria
    em minha casa de oração.
Seus holocaustos e demais sacrifícios
    serão aceitos em meu altar;
pois a minha casa será chamada
    casa de oração para todos os povos”.
Palavra do Soberano, do Senhor,
    daquele que reúne os exilados de Israel:
    “Reunirei ainda outros
    àqueles que já foram reunidos”.

Venham todos vocês,
    animais do campo;
todos vocês, animais da floresta,
    venham comer!
10 As sentinelas de Israel estão cegas
    e não têm conhecimento;
todas elas são como cães mudos,
    incapazes de latir.
Deitam-se e sonham;
    só querem dormir.
11 São cães devoradores, insaciáveis.
São pastores sem entendimento;
todos seguem seu próprio caminho,
cada um procura vantagem própria.
12 “Venham”, cada um grita,
    “tragam-me vinho!
Bebamos nossa dose
    de bebida fermentada,
que amanhã será como hoje,
    e até muito melhor!”


Section 4 of 4

Matthew 4

About 2.7 Minutes

Então Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. Depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome. O tentador aproximou-se dele e disse: “Se és o Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães”.

Jesus respondeu: “Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’”.

Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o na parte mais alta do templo e lhe disse: “Se és o Filho de Deus, joga-te daqui para baixo. Pois está escrito:

“‘Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito,
    e com as mãos eles o segurarão,
para que você não tropece
    em alguma pedra’”.

Jesus lhe respondeu: “Também está escrito: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’”.

Depois, o Diabo o levou a um monte muito alto e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e o seu esplendor. E lhe disse: “Tudo isto te darei, se te prostrares e me adorares”.

10 Jesus lhe disse: “Retire-se, Satanás! Pois está escrito: ‘Adore o Senhor, o seu Deus, e só a ele preste culto’”.

11 Então o Diabo o deixou, e anjos vieram e o serviram.

12 Quando Jesus ouviu que João tinha sido preso, voltou para a Galiléia. 13 Saindo de Nazaré, foi viver em Cafarnaum, que ficava junto ao mar, na região de Zebulom e Naftali, 14 para cumprir o que fora dito pelo profeta Isaías:

15 “Terra de Zebulom
    e terra de Naftali,
caminho do mar,
    além do Jordão,
Galiléia dos gentios;
16 o povo que vivia nas trevas
    viu uma grande luz;
sobre os que viviam
    na terra da sombra da morte
raiou uma luz”.

17 Daí em diante Jesus começou a pregar: “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo”.

18 Andando à beira do mar da Galiléia, Jesus viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Eles estavam lançando redes ao mar, pois eram pescadores. 19 E disse Jesus: “Sigam-me, e eu os farei pescadores de homens”. 20 No mesmo instante eles deixaram as suas redes e o seguiram.

21 Indo adiante, viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão. Eles estavam num barco com seu pai, Zebedeu, preparando as suas redes. Jesus os chamou, 22 e eles, deixando imediatamente seu pai e o barco, o seguiram.

23 Jesus foi por toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas deles, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças entre o povo. 24 Notícias sobre ele se espalharam por toda a Síria, e o povo lhe trouxe todos os que estavam padecendo vários males e tormentos: endemoninhados, epiléticos e paralíticos; e ele os curou. 25 Grandes multidões o seguiam, vindas da Galiléia, Decápolis, Jerusalém, Judéia e da região do outro lado do Jordão.

Download & Print

Grab a .pdf in an easy print format. Contains the first 15 days of the reading plan.

Download the reading plan:

JAN FEB MAR APR MAY JUNE JULY AUG SEP OCT NOV DEC

Web App

Create a shortcut on your mobile device to jump right to the days readings.

The Bethany App

Access the readings from android or iOS right in the Bethany App.


Copyright © 2024, Bethany Church, All Rights Reserved.

Contact Us • (225) 774-1700